“Em meados do século XV, a inquisição era uma realidade inegável. Moradores de seus vilarejos viviam amedrontados com a eminencia das caçadas e torturas dos inquisidores em busca das feiticeiras que propagavam o oculto. Inocentes eram capturados e torturados até a confissão de suas heresias e assim “agraciados com o perdão divino”, como os inquisidores costumavam justificar para executar todos que a faziam. Por sua vez, os caçadores de bruxas se consideravam propagadores de boas práticas, responsáveis pelo bem estar de todos e dizimadores de tudo aquilo que ameaçasse sua doutrina pacifista e soberana. Mas o que eles não sabiam é que, em meio à diversos pactos e sacrifícios realizados às escondidas, um dos rituais viria a dar errado e ao sentenciarem a queima de poderosas bruxas, isso resultaria no início de uma era sombria, onde a peste negra foi lançada como uma maldição e agora todos vivem em meio às trevas.”

O tema da A Hora do Horror de 2018 é “Sacrificium: Você Será Parte do Ritual”.

O evento que começou dia 10 de agosto promete ser a maior e melhor edição já realizada no parque.

Durante o evento, o desafio será unir a ficção com a realidade, abordando fatos que já aconteceram na história da sociedade.

A Hora do Horror 2018, contará com um número recorde de espaços especiais para interação dos visitantes espalhados em duas áreas temáticas do parque: Mistieri e Wild West.

Dois grandes túneis de horror, um labirinto a céu aberto, uma passagem, um local para apresentações ao vivo, áreas de sustos e o maior palco da história fazem parte do evento.

Conheça os espaços:

Kastel di Petrum (Gramado Central): Território central de toda a trama de Sacrificium, o maior palco já visto e totalmente tematizado, recebe os shows de abertura e encerramento, que abordam julgamentos e condenações em praça pública, assim despertando a irá de forças ocultas invocadas pelas feiticeiras. Neste castelo medieval também acontece uma grande balada do horror.

Maleficarum (Mistieri – Atrás da Katakumb): Esta fortaleza já foi o principal símbolo da inquisição, onde aqueles acusados de bruxaria eram interrogados, julgados e torturados até a confissão de suas heresias. Porém, após a ascensão das forças do submundo, a prisão Maleficarum foi totalmente tomada por bruxas. Os que se aventurem ali entrar tem apenas duas opções: aliar-se ao poder das trevas, se as implacáveis feiticeiras o julgarem digno, ou pagarem com suas próprias vidas.

Covil (Caminho do Lago): Aqui servia como o antigo abrigo secreto das bruxas, onde se escondiam dos inquisidores e praticavam seus rituais malignos nas sombras. Agora, elas não precisam mais se esconder. Com as trevas no domínio, o local transformou-se na morada no mal, procurado por inúmeros populares em busca de benefícios, mas o preço a ser pago nos rituais é mais alto do que se pode imaginar, transformando todos aqueles que ali entram em criaturas malignas.

Mortuus (Wild West – Ao lado do Ghosti Hotel): Neste local vagam as amaldiçoadas almas pagãs daqueles que dedicaram suas vidas a rituais de sacrifício. Seres condenados a viver a eternidade vagando pelo cemitério, diante de seus lapides. Espíritos amarguradas, que se alimentam de outras almas e estão sempre em busca de muito mais.

Catedral dos Ossos (Wild West – Ao lado do Evolution): Esta catedral, que um dia fora dedicada a orações e preces, após ter sido palco de um ritual para trazer de volta a vida a madre do local, acometida por uma doença fatal, transformou-se em um abatedouro. A volta dos mortos é considerada umas das piores heresias e tem um alto preço nas leis da troca equivalente. Uma vida só pode ser paga com outra vida e os ossos daqueles que já foram sacrificados ali adornam todo o espaço, mas ainda há lugar para muitos outros.

Arena das Inquisições (Wild West – Ao lado do Spleshi): Todos aqueles que apreciam o sórdido show de condenação e execução dos agentes da inquisição, tem um prato cheio aqui, por ser o principal centro de extermínio do paganismo. Porém, com o fortalecimento das forças malignas, unidos ao julgamento de uma poderosa feiticeira, pode mudar o cenário desse espetáculo de horrores.

Rituais (Wild West – Ao lado do Rio Bravo): Aqui será possível presenciar todos os tipos de rituais. Os que ali passarem terão a oportunidade de sentir as forças malignas atuando em sua máxima. Os mais corajosos que aguentarem até o fim do ritual poderão registrar esse momento com uma foto.

Durante a Hora do Horror, também acontecerá shows especiais de grandes artistas.

O evento acontecerá até o dia 28 de outubro.

Mais informações e valor do ingresso: Clique aqui!