Quando pensamos em histórias de terror, é comum nossa memória nos levar às narrações cheias de detalhes e pausas dramáticas.

Nessa matéria você irá perceber que as histórias de terror não precisam exatamente disso para causar medo.

Na lista que fizemos, você vai conferir algumas histórias de terror curtas, que vão te deixar assustado.

Elas também mexem muito com nossa imaginação, de um jeito aterrorizante, porque tratam, em poucas linhas, sobre medos que todo mundo tem bem lá no fundo, confira:

1- Encontrei um bilhete da minha mãe na mesa da cozinha quando cheguei em casa. Dizia que ela estaria de volta às 21:30, mas eu tinha acabado de chegar do seu funeral.

2- Minha filha não parava de chorar e gritar no meio da noite. Eu visitei seu túmulo e a pedi que parasse, mas mesmo assim ela continuou.

3- “Eu não consigo dormir”, ela sussurrou, indo para a cama comigo. Eu acordei gelado, segurando o vestido que ela estava usando ao ser enterrada.

4- Minha namorada me perguntou porque eu estava respirando tão fortemente, mas eu não estava.

5- A última coisa que eu vi foi meu despertador tocando ás 00:07 antes das longas unhas podres empurrarem meu peito e uma outra mão tampar minha boca para eu não poder gritar. Me levantei rapidamente e me senti aliviada por ser apenas um sonho, mas quando olhei para meu despertador eram 00:06 e ouvi a porta do meu armário se abrir.

6- Fui mexer no meu celular e tinha uma foto minha dormindo, mas eu moro sozinho.

7- Ontem meus pais me falaram que eu estava muito velho para ter uma amiga imaginária e me disseram para deixá-la ir. Eles encontraram o corpo dela essa manhã.

8- Cresci com gatos e cachorros, então me acostumei com o som de arranhões na porta enquanto eu dormia. Agora que eu moro sozinho esses sons que ainda escuto são muito mais inquietantes.

9- Enquanto eu trabalhava até tarde, eu senti a cauda do meu gato, encostando nas minhas costas, mas quando eu olhei para janela enquanto sentia isso eu vi meu gato na rua.

10- Eu estava tendo um sonho tranquilo, quando um som de martelo me acordou. Depois disso, só lembro dos meus gritos sendo abafados pelo barulho da terra, que cobria meu caixão.

Fonte: R7/Quero Medo