Quando o assunto é ser cruel, a criatividade humana não tem limites.

Conheça 5 crimes brutais cometidos por seitas satânicas

Separamos 5 torturas aterrorizantes da Idade Média, confira:

Arrastado até a morte

A vítima era presa por meio de cordas ou ganchos em uma carruagem, que começava a circular pela cidade. O veículo ficava em movimento constante por três dias. Bastavam pouco mais de dois dias para que a vítima morresse, mas os requintes de crueldade faziam com que a carroça continuasse em movimento até que os ossos do cadáver ficassem expostos.

Esfolamento

Era arrancado a pele da vítima vagarosamente, até que ela viesse a óbito. A morte da pessoa vinha ocasionalmente devido a perda de sangue. O sofrimento era tanto que as vítimas desmaiavam várias vezes durante o processo. Algumas vítimas ficavam em estado de agonia durante alguns dias até morrer.

Mutilado na roda

Os sádicos profissionais amarravam suas cobaias em uma roda de madeira e então escolhiam entre utilizar uma marreta para reduzir seus membros a uma pasta sangrenta ou juntar duas vítimas em estruturas diferentes, que passavam a funcionar como engrenagens e moíam braços e pernas de forma automática.

Conheça 5 itens considerados malignos

Todo o processo era realizado e preservava o máximo possível o tórax e a cabeça das vítimas, prolongando seu sofrimento. Uma vez que a moagem estivesse concluída, os torturados eram deixados para morrer por conta própria, seja por causa das hemorragias nos membros ou ao serem devorados por animais.

Comida para os porcos

A vítima tinha sua barriga aberta e uma espiga de milho colocada em sua cavidade abdominal. Depois disso, a vítima era jogada aos porcos famintos, que devoravam a vítima.

Conheça a história do serial killer Robert Pickton que alimentava os porcos com carne humana

Cozido vivo

Qualquer pessoa que já ferveu algo sabe que água fervente é capaz de causar queimaduras leves instantaneamente, ao menor toque. Já quando submerso por muito tempo, as marcas ficam muito mais graves, chegando ao terceiro grau.

Conheça a história da serial killer que transformava suas amigas em sabão e fazia bolos com o sangue delas

Na Idade Média, no entanto, isso não era o suficiente. Então, os torturadores costumavam esperar até que os vasos sanguíneos das vítimas se rompessem, transformando a água em um caldo vermelho.

Confira 7 fotografias em que supostamente aparecem fantasmas

Fonte: Mega Curioso