O restaurante T’Spookhuys foi inaugurado em outubro de 1997, ele fica na cidade belga de Turnhout. Ele foi criado por Karl Hendrix e Bjorn Leys, a intenção era que o estabelecimento proporcionasse aos clientes a experiência de comer em uma mansão mal-assombrada.

No restaurante, é possível ver crânios esculpidos nas paredes e em outros lugares do restaurante, como artigos de decoração. Rostos em sofrimentos e fumaça no tetos. Os garçons do lugar trabalhavam usando uniformes de diabos, lobisomens ou vampiros.

No cardápio, os pratos e as bebidas também eram temáticos, com nomes estranhos e até nojentos, como “bolos de lama” e “vermes cruéis”.

Apesar do sucesso que começou a fazer em Turnhout, não demorou muito até que histórias bizarras começassem a ser contadas sobre o lugar. Muitos clientes da época diziam ser incomodados por assombrações reais. E há quem diga que o segundo andar do estabelecimento era usado para fazer rituais satânicos, especialmente por causa dos gritos que podiam ser ouvidos dali, no meio da madrugada.

Um dia, o restaurante amanheceu desocupado. Depois de 11 anos de funcionamento, os sócios abandonaram o lugar sem deixar qualquer explicação e sem qualquer motivo aparente. Muitos são os que acreditam que as próprias forças malignas que ocupam a casa agora colocaram os homens para correr da cidade.

Uma das provas de que algo muito errado aconteceu por ali é que o estabelecimento ficou praticamente intacto. Muitos de seus ambientes ainda abrigam as mobílias originais.

Hoje em dia, vários curiosos e pesquisadores de assuntos paranormais visitam o antigo restaurante, que está ainda mais macabro. E para aumentar o mistério que ronda a história do T’Spookhuys, o antigo restaurante passou a ser conhecido como a Casa dos 1000 Fantasmas, por causa das inúmeras vozes que já foram ouvidas naquele ambiente abandonado e que são atribuídas aos crânios expostos em uma de suas paredes principais.

 

Veja as imagens desse lugar sinistro:

Fonte: R7