A maioria dos filmes de terror, tem cenas de sexo. Ás vezes o assassino até chega na hora do ato.

Mas existem alguns filmes classificados como terror que apelam muito para o lado sexual e parece mais um filme erótico.

Veja a lista desses filmes:

 

Nekromantik (1987)
Diretor: Jörg Buttgereit

Robert Schmadtke é um faxineiro de áreas criminais, que depois de um incidente macabro traz para casa um cadáver para ele e a esposa praticarem necrofilia. Mas, ele começa a perceber que sua esposa prefere o cadáver a ele.

 

Twentynine Palms (2003)
Diretor: Bruno Dumont

O fotógrafo David (David Wissak) e sua namorada Katia (Yekaterina Golubeva) partem de Los Angeles à procura de um cenário no deserto da Califórnia, onde ele vai realizar um ensaio. O casal chega a Twentynine Palms, um vilarejo remoto. Lá eles se hospedam em um motel e, a bordo de um jipe, passam os dias trabalhando. Com frequência eles se perdem pelas trilhas do deserto, preenchendo seu tempo fazendo sexo apaixonadamente, entre brigas e reconciliações. Até que um acontecimento terrível interrompe a viagem.

 

Sedução do Mal: Os Diários de Nosferatu (1995)
Diretora: Anne Goursaud

Charlotte é uma adolescente tímida que acaba de sair de uma escola católica só para meninas para uma nova vida em uma universidade. Mas um mal antigo à seguiu, e começa à atormenta-la com pesadelos perturbadores e tentadores com desejos proibidos. Ela terá que lidar com uma fome que só pode ser saciada por prazeres sensuais da carne… e uma sede de sangue.

 

Les Démoniaques (1974)
Diretor: Jean Rollin

Uma gangue de piratas estupra as duas únicas sobreviventes de um naufrágio. Elas são resgatadas por estranhos habitantes de uma ilha, supostamente assombrada, que lhes concedem poderes sobrenaturais para se vingarem.

 

Saló ou Os 120 Dias de Sodoma (1975)
Diretor: Pier Paolo Pasolini

Baseado em histórias de Marquês de Sade (“Círculo de Manias”, “Círculo da Merda” e “Círculo do Sangue”), o filme passa-se na Itália controlada pelos nazistas, onde quatro libertários fascistas sequestram 16 jovens e os aprisionam em uma mansão com guardas. A partir daí, eles passam a ser usados como fonte de prazer, masoquismo e morte.