Nesse post, separamos os lugares considerados como os mais assombrados no Japão.

Túnel Jomon

O grande terremoto que aconteceu em Hokkaidou, no ano de 1969, fizeram com que as paredes do túnel desabassem, revelando um esqueleto que se encontrava enterrado de pé na parede do túnel. Foram encontrados também, muito ossos nas proximidades da construção e vários possuíam marcas de violência.
Com isso, “lenda de sacrifícios humanos”, cuja origem seria por mensagens dos espíritos dos mortos, que teriam contado sobre seus corpos enterrados no túnel, se tornou verdadeira.
Nos 3 anos de construção, que iniciaram em 1911, os trabalhadores forçados, oriundos de prisões de Hokkaidou, eram submetidos à terríveis condições de trabalho em que muitos adoeceram sendo enterrados ainda vivos nas proximidades e até nas paredes da construção. Em 1980, foi feito um memorial para homenagear os mortos.
Em agosto de 2013, foram desenterradas as ossadas de mais de 500 corpos do túnel e de suas proximidades.
O túnel continua sendo utilizado por trens.

O Santuário abandonado em Shirata Daijin

Existe um registro, que diz que uma garota de 16 anos, visitou o local e foi possuída. Ela teve sequelas físicas e psicológicas. O local já foi exorcizado algumas vezes.
Existem algumas palavras no portal que não são em japonês, no local também existe uma misteriosa casa abandonada. A localização do santuário, fica próxima da vila de Owada, cidade de Nara e é de difícil acesso, para chegar ao local é preciso usar as trilhas da montanha.

 

Mina de Carvão de Yuubetsu

Esse é considerado um dos lugares mais assombrados do Japão. Os fenômenos ocorrem principalmente no hospital da vila abandonada nas proximidades da mina, onde pessoas que tem dom mediúnico mais apurado, desmaiam com a carga vibracional do lugar. Há casos de possessão, pessoas que sentem tonturas, calafrios e dores de cabeça. A mina fica localizada nas proximidades da cidade de Kushiro.

 

Túnel de Futamata

Os trabalhadores coreanos eram forçados a trabalharem na construção deste túnel, e a lenda conta que devido ao atraso na obra, esses trabalhadores eram mantidos como escravos e teriam sido “sacrificados” e enterrados nas paredes do túnel.
Algumas pessoas relataram já ter visto, quando passaram pelo túnel uma sombra humana misteriosa que persegue o veículo, a sensação descomunal de peso nos ombros, casos de imobilização involuntária supostamente provocada por mãos invisíveis e aterrorizantes e gritos de um mulher em desespero.

 

A Floresta dos Suicidas

Aokigahara é uma floresta calma que fica localizada na base do Monte Fuji, Japão.
Dizem que todos os anos mais de 100 pessoas tiram suas próprias vidas no local. Existem pessoas que vão até a floresta em busca de corpos e encontram entre 70 a 150 esqueletos todos os anos. A maioria das mortes é por enforcamento e alguns deixam cartas de despedida.
O governo instalou placas que buscam fazer as pessoas repensarem no que estão prestes a fazer e procurar ajuda.

 

Hospital Fujioka

Há relatos, que em todas as janelas se vê espíritos.
Se alguma pessoa, pega algum registro médico abandonado, recebe um telefonema, de uma pessoa chorando e exigindo que devolva o arquivo.
Existem várias histórias de manifestações espirituais nesse lugar.

Hotel Ichiryuu

O hotel fica em Mizuma, Japão.
A construção está abandonado há pelo menos 30 anos.
Existem vários motivos sobre o abandono, um dos motivos seria que o proprietário teria se suicidado em um incêndio ou que houve um assassinato, mas a verdade é que ninguém sabe o que aconteceu.
O hotel é considerado um dos lugares mais assombrados do Japão.