No Chile, policiais confirmaram a existência de fenômenos inexplicáveis durante um atendimento inusitado.
No último domingo, dia 26 de fevereiro, a polícia de Puerto Montt, uma cidade de 200 mil habitantes localizada a 1 mil km ao sul de Santiago, foi chamada para atender a um casal desesperado porque sua casa estava sendo “possuída”.
Ao chegarem no local, os policiais encontraram várias janelas quebradas e um colchão parcialmente queimado no quintal. Os moradores esperavam do lado de fora e contaram sobre os fenômenos paranormais que ocorriam lá dentro, na hora os policiais não acreditaram.
Ma, tudo mudou quando as autoridades entraram na residência: segundo o cabo Boris Olivarría González, ele e outros policiais estavam conversando com os moradores quando viram uma espátula ser arremessada do sótão. Só que uma investigação rápida mostrou que não havia ninguém escondido nesse recinto.
De acordo com González, ele ordenou que o suposto demônio deixasse a residência. Como não obteve nenhuma resposta, o cabo resolveu sair do recinto. No caminho para a porta, ele foi atingido por trás por uma faca! Ele estava com o colete e não se feriu.
No chamado policial, os moradores alegavam ter visto objetos flutuando ou pegando fogo espontaneamente.
Durante o atendimento, os policiais realmente notaram a presença de fumaça, mesmo que a casa estivesse completamente vazia. Segundo os moradores, as atividades paranormais começaram em 8 de fevereiro e foram se intensificando ao longo do mês.
Maria Urra, uma das proprietárias do imóvel, conta que o fato de objetos queimarem sem nenhuma justificativa fez com que ela e o marido passassem noites em claro com medo de que a própria casa pegasse fogo!
Repórteres e funcionários da prefeitura também relataram ter vivenciado experiências estranhas na casa.
Padres foram chamados para tentar exorcizar o imóvel, mas sem nenhum resultado satisfatório. Isso obrigou as autoridades chilenas a transferir o casal de moradores para um centro comunitário, enquanto as causas da paranormalidade são investigadas.

 

Assista o vídeo gravado no interior da residência e que mostra um armário caindo misteriosamente:

 

 

A entrevista do policial relatando: