Você já ouviu falar de A Serbian Film, certo? Se sim, você sabe que dizer que é ”o filme mais perturbador de todos” não é nenhum exagero. Caso você não tenha assistido o filme ou até nunca tivesse ouvido falar sobre ele, recomendo que você veja ao menos o trailer e deixe para ler este texto mais tarde, pois irá conter grandes spoilers da trama.

A história deste filme é simples, conta a história de Milos, um ex-ator pornô que está longe do negócio e vive com sua esposa e filho. A situação não é tão fácil com a crise econômica e, portanto, aceita a oferta de um antigo colega da indústria e uma estrela de cinema XXX. Lá ele descobre que as intenções do diretor são de ir além do simples ato erótico.

A sinopse não parece tão perturbadora, pode ser apenas mais qualquer um torture porn, assim como a franquia Jogos Mortais, certo? Errado. Definitivamente, esse não é um filme como qualquer outro, e irei explicar o por que.

”A Serbian Film” tem estupro, incesto, necrofilia e pedofilia. Posso afirmar que não é à toa que o filme foi banido em diversos países. O diretor tentou justificar o excesso de violência presentes no filme, em suas palavras: “Queríamos mostrar com honestidade sentimentos profundos sobre a nossa região e o mundo em geral. Na vida real, sentimos que nosso dia-a-dia é tratado como pornografia. O personagem do ator pornô é uma metáfora para qualquer trabalhador explorado por seus chefes ou pelos governantes do sistema – cantor, padeiro, seja o que for.”

Será que ele realmente pensou nisso ao pensar no filme? Essa é a real dúvida. Talvez o filme realmente tenha uma mensagem, ou talvez o diretor só queria ver suas ideias mais doentias em tela, nunca saberemos. Só o que sabemos é que é um filme difícil de assistir.

Este filme contém uma das cenas mais perturbadoras de todas, que é o estupro de um bebê. Isso mesmo! O estupro de um bebê. E para piorar, quando a mãe da criança assiste o homem estuprando o seu filho, ela dá um sorriso e aprova a ação do homem! O quão doentio é isto?!

E daí pra frente só piora, quando Milos tenta sair desse projeto em que se meteu, mas não funciona e ele é drogado e forçado a participar de novo. Milos, totalmente drogado, é induzido a estuprar uma mulher e depois de fazer tal ato, corta a cabeça dela e mesmo assim não pára estuprá-la, a cena é muito pesada. No final do filme, também acabamos descobrindo que Milos foi induzido a estuprar seu próprio filho. Um final chocante e perturbador.

A parte técnica do filme em si é boa, é bem feito a fotografia, enquadramento de câmera, maquiagens, mas será que isso realmente vai fazer diferença aqui? Não! As imagens mostradas em tela são perturbadoras o suficiente para fazer o espectador não ligar pra isso.

Se você tem um estômago forte, recomendo que assista ”A Serbian Film”. De fato, é um filme realmente doentio, que não vai sair da sua cabeça por um tempo, mas que cumpre muito bem o que promete, que é chocar o espectador de uma forma nunca vista antes.

Após assistir o filme mais de uma vez, posso afirmar que sim, é o mais perturbador de todos os tempos, em minha opinião. Não sei se você vai achar o mesmo que eu, se vai se abalar ou achar fraco, mas em minha opinião, assisti-lo é uma experiência incômoda que deve ser sentida ao menos uma vez na vida.