“Vingança” é BRUTAL, INTENSO, VIOLENTO E FANTÁSTICO. Vale cada segundo no cinema.

Finalmente conseguimos assistir ao filme “Vingança”, considerado pelas críticas como  “um dos filmes mais violentos da atualidade”.

Mas seria mesmo tudo isso?
Bom, o filme é dirigido, roteirizado e produzido pela Diretora Coralie Fargeat, que até o momento só  tinha feito curtas (com ótimas críticas aliás), e estrelado por Matilda Lutz ( O chamado 3).
Ou seja,  mulheres estão no comando dessa vez. Tem diferença?  Tem e vamos explicar:
Muita gente ao ver o trailer comparou o filme com “Doce Vingança”, pelo fato da premissa ser parecida:
”Uma mulher é estuprada, humilhada, deixada pra morrer, retorna e se vinga “.
O que talvez muita gente não saiba é que esse estilo “Rape and revenge” é antigo e existem vaaaaários filmes do tipo, como o filme original ( já que doce vingança é um remake) “A vingança de Jennifer” de 78 ou um mais antigo ainda, o “Aniversário Macabro” de 72, além de Kill Bill de 2003, entra outros. Ou seja, simplesmente dizer que “Vingança” é um “Doce Vingança 4”  é o mesmo que dizer “ não entendo nada, só vi um filme do tipo na vida, rsrs

Dito isso podemos pular para  o: “Qual a diferença desse filme para tantos outros do mesmo tipo?”

1.  O filme é dirigido por uma mulher, ou seja, a visão feminina sobre um caso assim muda toda a figura, fazendo com que a personagem Jen, tenha de verdade o que chamamos de “Sangue nos olhos”;

2.  O filme é francês, e faz parte do “New French Extremity”, nome dado a filmes franceses com violência extrema, como por exemplo “Alta Tensão (2003)”, “A invasora (2007)”, “A Fronteira (2007)” e “Martyrs (2008)”, ambos filmes onde a violência é tão extrema, que muita gente evita assistir até hoje, aliás, caso você não conheça nenhum deles, Eu indico você a ir atrás, pôs vale muito a pena;

3.  Ao contrário dos filmes desse gênero, aqui em Vingança, o foco não é o estupro, com quase 1h50 de filme, mais de uma hora é focado em sua vingança, com muito, muito sangue mesmo.

Vale lembrar que o filme está com 90% de aprovação no site “Rotten Tomatoes”, coisa rara em filme do estilo.

Agora vamos à história:
Três homens casados e ricos fazem anualmente uma espécie de caçada no deserto. Desta vez, um dos empresários decide trazer sua amante (Matilda Lutz). Acontece que um de seus amigos acaba estuprando a garota, e o seu parceiro, ao invés de protege-la, com medo de que a sua mulher fique sabendo de Jen, a joga de um penhasco e a deixa lá pra morrer.

Acontece que ela sobrevive, e volta pra se vingar.
O filme explica como ela consegue sobreviver e como ela consegue se “recuperar” tão rápido, nada é atoa, porém,  não contaremos pra evitar spoilers.
Aliás, por conta dessa caça no deserto, eles tem muito armamento, então é daí que Jen aparece no trailer armada até os dentes: ela pega do primeiro “pobre coitado” que o mata de forma cruel.
O bacana desse filme é que a violência é grande gente, é explícita, tem cenas que já deixo avisado, se você não tiver estômago forte, vai querer cobrir os olhos.
Agora, vale dizer: A cena final, onde ela confronta o seu “ex”, noooosssaaa, é de encher os olhos! É brutal, pesado e estimulante, pois o que aq gente mais espera é esse momento, e Jen não deixa por menos, vocês precisam ver !

Ainda não saiu a classificação indicativa do filme, mas é bem provável queu chegue aqui com +16, +18, pelo fato da violência explícita e também por ter nudez Frontal masculina, o que ainda é tabu no cinema…

“Vingança” vai estrear dia 31 de Maio nos cinemas, distribuído pela “Fênix Distribuidora de Filmes.

A Hora do Medo indica esse filme para pessoas que queiram ver sangue escorrer pela tela.

 Único ponto negativo do filme é ter tão poucos machos para serem massacrados por uma mulher.

★★★★★

 Confira o cartaz oficial:

Confira capinhas de celulares personalizadas com personagens de terror na nossa loja, CLIQUE AQUI!

Siga A hora do Medo no instagram: @ahoradomedotv

 Trailer oficial Legendado: